LITO, A. M. A “paixão” do analista e o campo emocional intersubjetivo, como espaço de cocriação de esperança [Recensão do livro Ressurreição – O lugar do futuro e a função esperançadora do objeto, de Maria José Martins de Azevedo]. Revista Portuguesa de Psicanálise, [S. l.], v. 42, n. 1, p. 126–129, 2022. DOI: 10.51356/rpp.421r2. Disponível em: https://rppsicanalise.org/index.php/rpp/article/view/93. Acesso em: 23 jun. 2024.